Publicado em

A Tradição da Magia

A Magia, principalmente durante e após a Idade Média (Era das Trevas segundo denominam os historiadores), recebeu uma conotação negativa, associada ao culto de demônios e às práticas de sacrifícios e orgias. Foi chamada de feitiçaria, bruxaria e até foi palco de assassinatos através da Santa Inquisição.

Mas nem sempre foi assim! A Magia e suas diversas vertentes como a Cabala, a Alquimia e o Xamanismo, foram as primeiras manifestações de reconhecimento entre o humano e o Divino, ainda na pré-história, sendo praticada através de cultos à natureza, desenvolvendo no homem o respeito ao equilíbrio de suas ações.

Do ponto de vista funcional e simplificado, a Magia é o Instrumento ou o Meio por onde as diversas facetas da energia Divina, incluindo Espíritos e Seres Naturais, podem ser ativadas e direcionadas para um fim determinado.

Ela também serve de base concreta (não dogmática ou unilateral) para a evolução consciencial do Ser consigo mesmo, para com o meio em que vive e para com todo o resto da Criação.

Sua natureza em si não pode ser classificada como boa ou má, pois isso não existe no fundamento da Criação, porém, sua prática pode levar à harmonia ou desarmonia nos meios onde é empregada, de acordo com as motivações e aplicações de seu ativador, assim, surgindo a noção de Magia Branca e de Magia Negra. É importante ressaltar que em Deus, Criador de Tudo, não há um sentido maléfico ou injusto, mas apenas funções reguladoras de Sua Criação, como por exemplo, para o corpo humano a destruição e trituração de um alimento não é um ato de maldade, mas sim, uma necessidade de transformação de um alimento em partículas menores, culminando na matéria-prima à vitalização do corpo físico. Assim, chegamos a duas constatações:

  • Deus tem dois lados, um que nutre ou incentiva e outro que dá limites. Dentro da dose equilibrada, estes dois lados têm o propósito de serem agentes das transformações necessárias, levando o indivíduo sempre para o bem.
  • Quando usamos demais ou de menos esses dois lados, entramos em desequilíbrio e transformamos algo Divino em energias destrutivas: isso é o mal!

O “mal” está na ignorância e má utilização humana daquilo que é Divino, e sob hipótese alguma, o “mal” seria algo criado por Deus. Toda vez que usamos as energias de maneira desequilibrada (a mais ou a menos), estamos causando um mal.

Mas voltando à Magia, existem vários sistemas mágicos cujos ensinamentos se dedicam ao esclarecimento deste ponto de equilíbrio, ou caminho do meio como diria Buddha. Um destes caminhos é o Arcangelismo, ensinado pela Casa de Miguel.

A Magia é um caminho abrangente em sua aplicação, tem a função de esclarecer gradativamente nossa origem e nosso caminho, enobrecendo nosso caráter, instruindo-nos e dotando-nos de ferramentas poderosas de harmonização entre todos os espíritos (encarnados e desencarnados), além de promover ordenadamente o intercâmbio entre as diferentes realidades e vias de evolução dos seres existentes.

 

Publicado em

Os sinais do chamado Espiritual – Café Espiritualista #5

Daniel Souza e Suely Cyrino apresentando o programa café espiritualista

Nesse programa a Mestra Suely e o Mestre Daniel vão esclarecer diversas dúvidas sobre o início da sua espiritualidade.

O lado espiritual nos chama e às vezes não entendemos bem o que querem. Como podemos melhorar nossa comunicação com o plano maior? Quais os cuidados que devemos ter?

Bons estudos!

O Café Espiritualista é um programa de bate-papo ao vivo, falando sobre o “porquê” e o “como” das coisas espirituais.

Estaremos ao Vivo toda Sexta-feira às 18h e você pode fazer perguntas e contar suas experiências relacionadas ao tema do dia, trocando experiências de maneira descontraída, trazendo esclarecimentos transparentes e libertadores.

Ao final de cada programa o mestre Daniel Souza realiza uma Conexão Arcangélica para auxiliar a todos que assistem o vídeo. Inscreva-se em nosso canal e clique no “sininho” para ser avisado quando nós começarmos uma transmissão.

Acreditamos que o conhecimento trazido pelos Mestres Espirituais,  junto as nossas atividades diárias, são plenamente possíveis de ocorrerem em harmonia. Basta que consigamos entender como as coisas funcionam, os seus porquês e assim, chegaremos ao tão desejado caminho para a evolução, que ao nosso ver é a capacidade de aplicar conhecimentos elevados à vida prática, de forma a beneficiar a nós mesmos, a todos ao nosso redor e a natureza.

Que as Asas dos Arcanjos te envolvam e seus caminhos sejam cada dia mais abertos.

Um abraço, Daniel Souza!

Publicado em

Diferenças entre Magia e Religião – Café Espiritualista #4

daniel souza apresentando o café espiritualista

Nesse programa o Mestre Daniel tira dúvidas interessantes sobre como as pessoas se relacionam com a Magia e com as Religiões. Sabemos que são duas formas de diferentes de nós ligarmos a Deus. Quais são as diferenças?

Bons estudos!

Espiritualidade Descomplicada é uma série de vídeos dedicada ao esclarecimento descomplicado sobre dúvidas comuns a cerca do espiritualismo.

Toda Segunda e Quarta postamos assuntos diferentes sobre diversos temas, e essas abordagens serão feitas da forma simples e direta, possibilitando um entendimento prático, aplicável em nossa vida terrena.

Um de nossos objetivos é facilitar a aplicação no dia a dia de conceitos e aprendizados tidos como exclusivamente espirituais, unindo às atividades materiais cotidianas os conhecimentos trazidos, gerando evolução.

Acreditamos que o conhecimento trazido por seres elevados junto às nossas atividades diárias são plenamente possíveis de ocorrerem em harmonia. Basta que consigamos entender os fundamentos de cada um desses lados, os seus porques e assim, chegaremos ao tão desejado caminho para a evolução, que ao nosso ver é a capacidade de aplicar conhecimentos elevados à vida prática, de forma a beneficiar a nós mesmo, a todos ao nosso redor e a natureza.

Que as Asas dos Arcanjos te envolvam e seus caminhos sejam cada dia mais abertos.

Um abraço, Daniel Souza!

Publicado em

Mediunidade de Incorporação – Café Espiritualista #3

Daniel Souza apresentando o café espiritualista

Nesse programa Café Espiritualista o Mestre Daniel fala sobre incorporação, explicando como funciona o processo de incorporação, quais os tipos que existem e quais os cuidados que um médium deve tomar.

Bons estudos!

O Café Espiritualista é um programa de bate-papo ao vivo, falando sobre o “porquê” e o “como” das coisas espirituais. Estaremos ao Vivo toda Sexta-feira às 18h e você pode fazer perguntas e contar suas experiências relacionadas ao tema do dia, trocando experiências de maneira descontraída, trazendo esclarecimentos transparentes e libertadores.

Inscreva-se em nosso canal e clique no “sininho” para ser avisado quando nós começarmos uma transmissão. Acreditamos que o conhecimento trazido pelos Mestres Espirituais, junto as nossas atividades diárias, são plenamente possíveis de ocorrerem em harmonia. Basta que consigamos entender como as coisas funcionam, os seus porquês e assim, chegaremos ao tão desejado caminho para a evolução, que ao nosso ver é a capacidade de aplicar conhecimentos elevados à vida prática, de forma a beneficiar a nós mesmos, a todos ao nosso redor e a natureza.

Que as Asas dos Arcanjos te envolvam e seus caminhos sejam cada dia mais abertos.

Um abraço, Daniel Souza!

Publicado em

Feitiço: O quanto pode te afetar? Café Espiritualista #2

Nesse vídeo o Mestre Daniel aborda um assunto polêmico: os feitiços!

Magia negra, bruxaria, feitiçaria e encantamentos, podem pegar? Prejudicam ou não? São crendices populares ou são reais?

Aprenda mais sobre esse assunto e fique mais esperto no seu dia a dia.

O Café Espiritualista é um programa de bate-papo ao vivo, falando sobre o “porquê” e o “como” das coisas espirituais.

Estaremos ao Vivo toda Sexta-feira às 18h e você pode fazer perguntas e contar suas experiências relacionadas ao tema do dia, trocando experiências de maneira descontraída, trazendo esclarecimentos transparentes e libertadores.

Ao final de cada programa o mestre Daniel Souza realiza uma Conexão Arcangélica para auxiliar a todos que assistem o vídeo. Inscreva-se em nosso canal e clique no “sininho” para ser avisado quando nós começarmos uma transmissão.

Acreditamos que o conhecimento trazido pelos Mestres Espirituais,  junto as nossas atividades diárias, são plenamente possíveis de ocorrerem em harmonia. Basta que consigamos entender como as coisas funcionam, os seus porquês e assim, chegaremos ao tão desejado caminho para a evolução, que ao nosso ver é a capacidade de aplicar conhecimentos elevados à vida prática, de forma a beneficiar a nós mesmos, a todos ao nosso redor e a natureza.

Que as Asas dos Arcanjos te envolvam e seus caminhos sejam cada dia mais abertos.

Um abraço, Daniel Souza!

Publicado em

Intuição: como funciona? – Café Espiritualista #1

Nesse programa os dirigentes da Casa de Miguel abordam o tema intuição, aprofundando a diferença entre intuição e telepatia, além de demonstrar o que não é intuição e sim nossos impulsos emocionais ou nossos pensamentos.

Bons estudos!

Obs: na época o café estava sendo transmitido pela manhã. Agora ele é transmitido às Sextas-feiras, das 18h às 19h.

 

O Café Espiritualista é um programa de bate-papo ao vivo, falando sobre o “porquê” e o “como” das coisas espirituais.

Estaremos ao Vivo toda Sexta-feira às 18h e você pode fazer perguntas e contar suas experiências relacionadas ao tema do dia, trocando experiências de maneira descontraída, trazendo esclarecimentos transparentes e libertadores.

Ao final de cada programa o mestre Daniel Souza realiza uma Conexão Arcangélica para auxiliar a todos que assistem o vídeo. Inscreva-se em nosso canal e clique no “sininho” para ser avisado quando nós começarmos uma transmissão.

Acreditamos que o conhecimento trazido pelos Mestres Espirituais,  junto as nossas atividades diárias, são plenamente possíveis de ocorrerem em harmonia. Basta que consigamos entender como as coisas funcionam, os seus porquês e assim, chegaremos ao tão desejado caminho para a evolução, que ao nosso ver é a capacidade de aplicar conhecimentos elevados à vida prática, de forma a beneficiar a nós mesmos, a todos ao nosso redor e a natureza.

Que as Asas dos Arcanjos te envolvam e seus caminhos sejam cada dia mais abertos.

Um abraço, Daniel Souza!

Publicado em

Orixás Umbanda

Imagem com os 14 Orixás da Umbanda

A Umbanda é linda! A Umbanda é rica!

Uma das religiões que tem se tornado muito importante no Brasil é a Umbanda.

Os Mistérios do Criador (Olorum), através dos Sagrados Orixás da natureza, nos envia vosso Axé (energia), vossa Luz, a tudo e a todos a todo momento.

Dos Sagrados Orixás se originam as hierarquias espirituais tão conhecidas como as 7 Linhas de Trabalho da Umbanda, que reconhecemos nos arquétipos dos Pretos-Velhos, dos Caboclos, das Crianças, dos Exus, Pomba Giras, etc.

Apesar de ser tão Natural, ainda pairam dúvidas que às vezes até se tornam preconceitos contra a Umbanda. Mas se são as forças da própria natureza, por que a maioria das pessoas as temem ou fogem dela?

A resposta é simples! Por puro desconhecimento teórico e prático sobre os Orixás.

Você não precisa ser umbandista para entender os fundamentos das forças da natureza. Por este motivo, preparamos um material especial, que engloba e sintetiza todo esse universo, incluindo as características de cada Orixá, suas datas comemorativas, seus elementos e símbolos, além da descrição prática de Oferendas que podem ser feitas por quaisquer pessoas.

Queremos difundir o conhecimento correto sobre cada parte das diversas manifestações espirituais e por isso, criamos o eBook Esclarecendo Dúvidas sobre a Umbanda, que pode ser baixado gratuitamente clicando aqui.

Bons estudos!

Publicado em

Magia Divina

Rubens-Saraceni-Isto-ÉO ensino da Magia Divina teve inicio em 1999, numa época que o normal era se ensinava magia em escolas iniciáticas fechadas e inacessíveis à maioria dos interessados nesse campo do esoterismo e do ocultismo.

Também inédito foi o método usado para ensina-la e de iniciar as pessoas que ingressavam em seus grupos de estudo, porque dispensava-as de já possuírem conhecimentos anteriores nesse campo ocultista e facultava a todos um aprendizado prático, eficiente e funcional em um curto  espaço de tempo.

Foi de fato algo inédito que gerou em seu inicio muita polêmica e críticas ácidas por parte de pessoas dos meios umbandistas e candomblecista que, acreditavam elas, para alguém ser mago bastava conhecer os Orixás e suas oferendas.

Os Mistérios da Magia Divina foram sendo abertos de grau em grau iniciático e ensinados com a mesma simplicidade e praticidade, sendo inicialmente o objetivo abrir 21 graus, que não se resumem ao trabalho com Orixás, mas também dos Elementais, dos Gênios e de outros Poderes Divinos abertos na Criação.

O Mestre Rubens Saraceni chegou a abrir novos graus, sendo que o objetivo era chegar ao número de 33, porém foram ensinados no total 32 graus, sendo que 28 podem ser ensinados pelos Magos Iniciadores (M.I.).

Uma grande contribuição dada ao ensinamento da Magia Divina foi o livro Introdução à Magia Divina, escrito por Daniel Souza, Mago e Fundador da Casa de Miguel. O livro pode ser adquirido pelo site da Madras Editora ou nas maiores livrarias como a Amazon ou Saraiva.

Um fato curioso é que este foi o único livro sobre a Magia Divina autorizado e incentivado pelo próprio mestre Rubens Saraceni.

Os graus abertos pelo mestre Rubens Saraceni foram: Magia das Sete Chamas Sagradas, Magia das Sete Pedras Sagradas, Magia das Sete Ervas Sagradas, Magia dos Anjos, Magia dos Gênios, Magia dos Raios Sagrados, Magia dos Elementais, Magia das Sete Conchas Sagradas, Magia das Sete Luzes Sagradas, Magia das Sete Cores Sagradas, Magia das Sete Cruzes Sagradas, Magia dos Sete Mantos Sagrados, Magia das Sete Espadas Sagradas, Magia das Sete Águas Sagradas, Magia dos Sete Eixos Sagrados, Magia dos Sete Giros Sagrados, Magia dos Sete Símbolos Sagrados, Magia das Sete Essências Sagradas, Magia dos Sete Pós Sagrados, Magia das Sete Vestes Sagradas, Magia das Sete Esferas Sagradas, Magia dos Sete Portais Sagrados, Magia dos Dragões, Magia das Sete Energias, Magia dos Sete Fatores, Magia dos Sete Círculos, Magia dos Sete Mentais, Magia dos Sete Vórtices, Magia dos Sete Assopros, Magia das Sete Oferendas e Magia das Sete Árvores Sagradas.

Os outros Graus de Magia Divina Sagrada que poderiam vir a ser abertos pelo astral superior eram: Magia das Visões, Magia do Tempo, Magia Telúrica, Magia Eólica, Magia dos Sete Escudos Sagrados, Magia Energética, Magia das Sete Lanças Sagradas, Magia das Sete Flechas Sagradas, Magia Arcangélica, Magia das Sete Estrelas Sagradas, Magia das Sete Pembas Sagradas, Magia dos Sete Triângulos Sagrados. Infelizmente o falecimento do médium e escrito Rubens Saraceni adveio antes.

Ao médium e escritor Daniel Souza, em 2007 foi atribuída a missão de abrir para o plano material a Magia Arcangélica, denominada Arcangelismo, que pode ser entendido como uma filosofia de vida interdisciplinar e inter-religiosa. Um caminho para que você possa conhecer a sua verdadeira essência, seu propósito de vida e ao mesmo tempo entender os princípios energéticos e esotéricos que regem a nossa vida, nossas relações interpessoais e nossa relação com a natureza.

Para podermos transmitir esta ciência esotérica, desenvolvemos o programa de estudos do Arcangelismo, que consiste numa formação completa e profunda, partindo do entendimento da relação entre Deus, os Arcanjos e nós humanos, passando pelas Iniciações que desenvolvem habilidades e sensibilidades magísticas, resultando num conjunto vasto de conhecimentos, capacidades, vivências e, principalmente, autoconhecimento para evolução. Esse programa de estudos do Arcangelismo é composto por 7 Níveis:

No primeiro nível (ARC-1) você aprenderá a cuidar de si mesmo e das questões do seu cotidiano, por meio da Iniciação Arcangélica.

No segundo (ARC-2) você expandirá o seu entendimento para que possa cuidar também de seus familiares, por meio dos Portais Arcangélicos.

No terceiro (ARC-3), você acessará as Magias dos Arcanjos MiguelUrielZadkielRaphaelHaniel e Ezequiel.

No quarto nível (ARC-4) você se habilitará como Terapeuta Arcangélico, e poderá auxiliar de maneira profissional pessoas que necessitem melhorar seus caminhos, por meio da Magia de Gabriel.

No quinto (ARC-5) você desvendará os Mistérios do Planeta, abrindo o portal do conhecimento sobre os seres da natureza, regidos pelos Devas, por meio da Magia de Sandalphon.

No sexto (ARC-6) você transitará pelas Dimensões Paralelas da Vida e será Iniciado em Magias Ocultas de diversas outras Divindades, por meio da Magia de Raziel.

E no sétimo (ARC-7) você se conectará com as diferentes formas de Inteligência do Universo, por meio da Magia de Metatron.

O Arcangelismo é uma obra para toda a humanidade e ficaremos muito felizes em compartilhar esse caminho com você: baixe agora gratuitamente o livro do Arcangelismo: clique aqui.

Publicado em

A História do Atabaque

Em giras de Umbanda, é muito comum se ter presente o ataba­que, um instrumento lendário e de origem afro. Esse instrumento dá ritmo e axé aos cultos, possibilitando uma melhor incorporação e dando maior energia aos trabalhos.

AtabaqueO atabaque é um instrumento Sagrado, Consagrado e Firmado por Ori­­xás e Guias e tem uma força pode­rosa, que em uma gira faz toda a di­ferença.

Há três tipos de atabaque: Rum, Rum­pi e o Lê. O Rum é o atabaque maior, o Rumpi seria o segundo ataba­que maior, tendo como importância responder ao atabaque Rum, e o Lê seria o terceiro atabaque onde fica o Ogã que está iniciando ou aprendiz que acompanha o Rumpi. O Rum também é usado para dobrar ou repicar o toque para que não fique um toque repetitivo. Importante saber que cada atabaque tem suas obrigações a serem feitas, pois o atabaque praticamente repre­senta um Orixá.

Existem também outros tipos de componentes que se usam junto com os ataba­ques, como por exemplo, o agogô, chocalho, triângulo, pandeiro, etc.


Conheça mais sobre os Orixás da Umbanda: clique aqui


O tambor mais antigo foi en­contrado em uma escavação de 6.000 anos A.C. Os primeiros tambores provavelmente consistiam em um pedaço de tronco de árvore oco. Es­tes troncos eram cobertos nas bor­das com peles de alguns répteis, e eram percutidos com as mãos, depois foram usadas peles mais resistentes e apareceram as primeiras baquetas. O tambor com duas peles veio mais tarde, assim como a variedade de tamanho.

De origem africana, o atabaque é usado em quase todos os rituais afro-brasileiros, típico do Candomblé e da Umbanda e de outros estilos relacio­nados e influenciados pela tradição africana. De uso tradicional na música ritual e religiosa são empregados para evocar os Orixás.

Fonte adaptada: www.planetaumbanda.com.br

Curta nossa página no Facebook e fique sempre atualizado, clique aqui

Acesse Casa de Miguel Arcanjo e entenda a espiritualidade de forma descomplicada.

Traga a Luz dos Arcanjos para sua Vida e Transforme a sua Realidade!