Chakra Coronal (Coroa)

Esse texto foi extraído do material didático Caderno I – Terapia Bioenergética, ministrado por Daniel Souza.

Chakra Coronal (Coroa)

Localizado no alto da cabeça, está relacionado à Espiritualidade. Através dele fluem as energias das forças e poderes divinos que nos dão sustentação.
Está ligado ao hipotálamo que liga o Sistema Nervoso ao Sistema Endócrino.
Todos os chakras vibram em diversas cores, porém, temos o violeta e o branco como predominantes.

Problemas Físicos
– Problemas no cérebro
– AVC
– Excesso de fome
– Processos infecciosos
– Disfunções sensoriais
– Enxaqueca

Problemas Psíquicos
– Falta de conexão com a vida
– Desequilíbrio emocional / mental / espiritual
– Materialismo exacerbado
– Falta de autocontrole
– Necessidade de purificação de energias negativas
– Resistência às mudanças da vida

Hipotálamo (do idioma Grego sob o tálamo): é uma região do cérebro dos mamíferos (tamanho aproximado ao de uma amêndoa) localizado sob o tálamo, formando uma importante área na região central do diencéfalo , tendo como função regular determinados processos metabólicos e outras atividades autônomas. O hipotálamo liga o sistema nervoso ao sistema endócrino sintetizando a secreção de neuro hormônios (também chamado de “liberador de hormônios”) sendo necessário no controle da secreção de hormônios da glândula pituitária. Os neurônios que secretam GnRH são ligados ao sistema límbico, que esta envolvido principalmente no controle das emoções e atividade sexual. O hipotálamo também controla a temperatura corporal, a fome, sede, e os ciclos circadianos.
Ciclos Circadianos: O termo circadiano provém da designação em Latim “circa diem”, que significa “cerca de um dia”. Designa o período de aproximadamente um dia (24 horas) sobre o qual se baseia todo o ciclo biológico do corpo humano e de qualquer outro ser vivo, influenciado pela luz solar.
O ritmo circadiano regula todos os ritmos materiais bem como muitos dos ritmos psicológicos do corpo humano, com influência sobre, por exemplo, a digestão ou o estado de vigília, passando pelo crescimento e pela renovação das células, assim como a subida ou descida da temperatura.
O “relógio” que processa e monitoriza todos estes processos encontra-se localizado numa área cerebral denominada núcleo supraquiasmático, localizado no hipotálamo.
Pineal ou Epífese: Produz a Melatonina e atua nos ciclos circadianos.
Melatonina: Em humanos, a melatonina tem sua principal função em regular o sono; ou seja, em um ambiente escuro e calmo, os níveis de melatonina do organismo aumenta, causando o sono. Por isso é importante eliminar do ambiente quaisquer fontes de som, luz, aroma, ou calor que possam acelerar o metabolismo e impedir o sono, mesmo que não percebamos. Outra função atribuída à melatonina é a de antioxidante, agindo na recuperação de células epiteliais expostas a radiação ultravioleta e, através da administração suplementar, ajudando na recuperação de neurónios afectados pela doença de Alzheimer e por episódios de isquémia (como os resultantes de acidentes vasculares cerebrais).

As definições acima são parte de textos provenientes da Wikipedia (http://pt.wikipedia.org/wiki/Brasil)

Divulgue este material, porém, não se esqueça de citar a fonte ou associar esta página como origem. 

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.