Allan Kardec

Em 31 de Março de 1869, desencarnou o francês Allan Kardec, decodificador da doutrina espírita deixando um grande legado não só para os espíritas, mas para todos que buscam aprender sobre si mesmos.
Seu nome de batismo era Hippolyte Leon Denizard Rivail, como era pedagogo, optou por usar um pseudônimo para diferenciar seu trabalho espiritual do pedagógico.
Em outra encarnação, foi druida na Gália e, chamava-se Allan Kardec, daí a escolha desse pseudônimo.
O professor Rivail era grande defensor da democratização do ensino público, mantendo em sua própria residência cursos gratuitos variados.
Dedicou-se a compreensão espiritual dos fenômenos científicos, filosóficos e religiosos, iniciando em 18 de abril de 1857 a publicação das obras da Codificação do Espiritismo.

Em 1857 publicou O Livro dos Espíritos;
Em 1958, fundou a Revista Espírita e a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas;
Em 1861 publicou o Livro dos Médiuns;
Em 1864, o Evangelho segundo o Espiritismo;

Em 1865, O Céu e o Inferno ou A Justiça Divina Segundo o Espiritismo;
Em 1868, A Gênese, os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo;
E, em 1890, após sua morte, veio à luz, Obras Póstumas.

 

Nós da Casa de Miguel Arcanjo, trilhamos o caminho espiritual esotérico Universalista, e prestamos nossa homenagem a quem como Allan Kardec, contribuiu sistematicamente para o avanço do autoconhecimento, nos dando base para o contínuo aprimoramento rumo à expansão consciencial.

                    Sempre em frente!

 

Acesse: Por que Estudar Espiritualidade?

 

 

 

Deixe uma resposta

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.